Copyright 2007-2012
Built with Indexhibit

Zoëlógica, Editorial Caminho, 2016

PRESS PT
“Pode um livro para crianças, escrito por uma mãe e uma filha, ser um tratado de filosofia? Pode, pois. E nós é que agradecemos.”
Gabriela Lourenço in Visão

"Desafiando argumentos e lógicas que assumimos como únicas a partir da idade adulta, Zoëlógica é um compêndio de reflexões filosóficas disfarçado de livro de histórias para crianças."
In Parágrafo

"Eis uma nova categoria dentro dos livros infantis. Elas chamam-lhe um livro-tertúlia. Porque “todas
as suas histórias desenhadas ou escritas nasceram de conversas nossas e nenhuma está acabada” (...) Zoëlógica é uma lição sobre a beleza que se descobre quando nos predispomos a ouvir o
outro e a sonhar pelos seus olhos. Por outras palavras, um exercício de amor e educação.
Facilmente um dos melhores livros infantis do ano."
Time Out, 2016

PRESS Eng
“Can a children’s book written by a mother and a daughter be a philosophical treatise? Yes it can. And we can only thank them for it.”
Gabriela Lourenço in Visão

"Challenging arguments and the logic we presume only belongs to adults, Zoëlógica is a collection of philosophical reflections desguised as a children story."
João Pedro Oliveira in Parágrafo

"Here is a new concept of a children book. They (Patrícia and Zoë) call it a chatting-book. Because "all the drawings and all the stories were born from conversations and none of them are finnished" (...) Zoëlógica is a lesson on the beauty one can find when ready to listen to the other and dream through the other's eyes. In other words, an exercise on love and education. Easily one of the best books of the year."
Time Out, 2016

http://patriciaportela.pt/files/gimgs/th-72_capa zoelogica.jpg